Quem somos nós ?

A GoodPlanet foi criada em 2005 por Yann Arthus-Bertrand para conscientizar o público sobre problemas ambientais e proteção ambiental. Ela tornou-se uma organização sem fins lucrativos oficialmente reconhecida em junho de 2009. Esse reconhecimento foi um voto de confiança e meio pelo qual a Fundação pode tomar medidas em longo prazo.

A fundação GoodPlanet incentiva um estilo de vida que respeita a Terra e seus habitantes. Ela incentiva cada pessoa agir e oferece sugestões realistas. Conta com uma série de programas que continuam desenvolvendo e reforçando a "conscientização ambiental".

Sua mensagem universal convida cada pessoa a pensar sobre a evolução do planeta e o que acontecerá com seus habitantes e a unir-se à causa.

www.goodplanet.org

Este site foi criado pela Fundação GoodPlanet para conscientizar o público e educar diariamente as pessoas quanto ao ambiente.

Uma das dedicadas equipes da Fundação concebeu e trabalhou no site e proporcionou todos os textos e fotos: Olivier Blond, Eric Boisteaux, Patrick Oudin e Bérénice Tardieu.

Nós gostaríamos de agradecera equipe da Publicis Net por criar e estabelecer o site.

 

contato

Para entrar em contato com a Fundação GoodPlanet, envie um e-mail para : forets@goodplanet.org

Você também pode escrever para nós no seguinte endereço:

  • Fondation GoodPlanet

    1 carrefour de Longchamp

    75116 PARIS
 

Termos e Condições

Aviso de direitos autorais

O site www.desforetsetdeshommes.org e todo o conteúdo deste são de propriedade exclusiva da GoodPlanet. O uso deste site, inclusive a transmissão integral ou parcial do conteúdo (textos e fotografias), é estritamente proibido sem a autorização prévia por escrito.  As informações do site não podem ser alteradas ou aperfeiçoadas de nenhuma forma.

Apesar de todo o empenho da GoodPlanet para garantir a exatidão do site www.desforetsetdeshommes.org, a GoodPlanet não se responsabiliza pelas informações publicadas.A GoodPlanet não garante a qualidade e a exatidão das informações do site para um determinado fim, nem a abrangência deste ou a ausência de erros.

Para obter a autorização de uso do conteúdo, entre em contato com o serviço de Comunicação da GoodPlanet(communication@goodplanet.org). A autorização será concedida se a finalidade for compatível com os objetivos da organização.

A implementação de links de hipertexto para páginas ou documentos publicados no site www.desforetsetdeshommes.orgestá autorizada desde que os links possam ser seguidos até a origem do documento.

Os usuários são responsáveis pelo uso destas informações de acordo com as normas vigentes (Lei No. 78-17 de 6 de janeiro de 1978 referente à tecnologia da informação e às liberdades civis).

Tecnologia da Informação e Lei de Liberdades Civis na França

A decisão No. 2006-130 de 05/09/2006 isenta as organizações sem fins lucrativos governadas pela lei aprovada em 1º de julho de 1901 referente à declaração de remuneração associada ao gerenciamento de membros doadores. Portanto, o uso de dados pessoais não está sujeito a uma declaração para a CNIL (Comissão Nacional de Informações e Liberdades da França). A isenção estabelece que apenas as informações relativas à identidade, identidade bancária e às associações da organização – exceto dados confidenciais como origem racial ou étnica, opinião política, filosófica ou religiosa, estado civil, condições de saúde ou orientação sexual, delitos, condenações ou ação jurídica – devem ser registradas. Esses dados não podem ser mantidos após a resignação ou a expulsão de um membro (a menos que a pessoa solicite o contrário) e para doadores que deixarem mais de duas solicitações não atendidas.

Qualquer informação que o usuário forneça à GoodPlanet é de uso exclusivo desta e será confidencial, não será passada para terceiros. De acordo com o Artigo 34 do “Ato de proteção de informações e liberdades", lei No. 78-17 de 6 de janeiro de 1978, os usuários têm direito a acessar, modificar, corrigir e suprimir os possíveis dados de seu interesse escrevendo uma solicitação para: GoodPlanet, 1 Carrefour de Longchamp, Domaine de Longchamp, 75116 Paris.

GoodPlanet

Escritório central – Domaine de Longchamp, 1 Carrefour de Longchamp 75116 Paris.

Número da edição do Diário Oficial:2005033

Departamento de Polícia – Recebimento 05/2802, pasta do caso 00171796

 

parceiros

  • La Fondation Yves Rocher

    A Fundação Yves Rocher

    A Fundação Yves Rocher– Institut de France foi criada pela iniciativa de Jacques Rocher. Ele é filho de Yves Rocher, o homem que criou Botanical Beauty.

    A Fundação Yves Rocherajuda na conservação ambiental direta local e global, em ações solidárias e educacionais em mais de 50 países.

    A Fundação Yves Rocher foi criada em 1991 e colocada sob a tutela do Institut de France em 2001. Ela trabalha para um "mundo mais verde" através de 2 ações principais: o Prêmio "Women of the Earth" e o Programa "Plant for the Planet".

  • FEM

    GEF

    A Global Environment Facility é hoje a fonte principal de financiamento público para projetos para melhorar o estado ambiental do planeta. Ela distribuiu até 9 bilhões de dólares de seu capital social em doações. Ela também levantou mais de 40 bilhões de dólares em cofinanciamentos para mais de 2.700 projetos em mais de 165 países. Além disso, o FMIcompilou um orçamento distinto de 250 milhões de dólares e 750 milhões de dólares de cofinanciamento para apoiar o SFM/REDD+.

  • FCPF

    FCPF

    A Forest Carbon Partnership Facility (FCPF) é uma parceria mundial de REDD+. A FCPF ajuda países com florestas tropicais e subtropicais a desenvolver sistemas e políticas para REDD+ e paga-os de acordo com seus resultados de redução de emissão. A FCPF complementa as negociações da UNFCCC em REDD+ demonstrando como o REDD+ pode ser aplicado no nível do país.

  • Firmenich

    Firmenich

    Firmenich é a maior empresa privada da indústria de perfumaria e fragrâncias. Ela foi criada em Genebra, na Suíça, em 1895 e produziu uma longa lista de perfumes e fragrâncias finas clássicas. Sua paixão por sabor e fragrâncias éa chave do seu sucesso. Ela é conhecida por sua criatividade, capacidade para inovação e seu entendimento excepcional das tendências do mercado. Todoano, ela investe aproximadamente 10% da sua receita em pesquisa; isso reflete sua constante disposição em entender, compartilhar e exaltar o melhor que a natureza tem a oferecer.

  • UNEP

    UNEP

    O UNEP foi criado em 1972. Ele é a mais alta autoridade ambiental dentro do sistema das Nações Unidas.O Programa age como um catalisador. Ele apoia, instrui, facilita e esforça-se para promover o uso inteligente e o desenvolvimento sustentável do ambiente mundial. Para isso, o UNEP trabalha com muitos parceiros, inclusive órgãos das Nações Unidas, organizações internacionais, governos nacionais, organizações não-governamentais, o setor privado e a sociedade civil.

 
Menu

Agindo em favor da floresta

Como você pode agir quanto às florestas? Muitas ONGs são envolvidas na proteção de florestas do mundo todo.Elas oferecem soluções concretas através de diferentes iniciativas, dicas verdes e campanhas para ajudar cada pessoa a agir.

 

> Our selection of initiatives

  • Protegendo os Calaus/span> | The Hornbill Research Foundation - Pilai Poonswad

    view more

    Pilai Poonswad, 64 anos, conseguiu transformar caçadores e lenhadores ilegais em guardiões da natureza, e protetores do calau. Essa ave tropical rara é caçada por sua carne e bico.

    close

  • Programa de conservação holística das florestas em Madagascar | WWF - GoodPlanet

    view more

    Programa de conservação holística das florestas em Madagascar / Esse projeto visa testar estratégias para reduzir a emissão de CO2 decorrente do desmatamento e degradação florestal. As atividades conduzidas serão focadas em reduzir o índice de extinção florestal e restaurar algumas florestas danificadas em 2010.

    O objetivo do projeto é também melhorar as condições de vida da população local, concedendo responsabilidade direta no gerenciamento das florestas e recursos naturais – tanto dentro como fora das áreas protegidas – promovendo e desenvolvendo práticas agrícolas sustentáveis e gerando receita extra para a população.

    Parceiro: WWF

    Esse projeto foi totalmente financiado pela Air France.

    close

  • Reflorestamento natural | Tchendukua

    view more

    A Tchendukua compra terras em Sierra Nevada para devolvê-las aos Índios Kogi, para que eles possam retornar à sua terra ancestral e preservar a floresta.

    close

  • Uma plantação de teca certificada pela FSC | Floresteca - FSC

    view more

    Comprando teca cultivada sustentavelmente. Floresteca, a maior plantação privada de teca do mundo, é reconhecida pela FSC (Conselho Brasileiro de Manejo Florestal) por seu gerenciamento sustentável. A fazenda, localizada na região do Mato Grosso, no Brasil, é o resultado da colaboração entre uma companhia holandesa e várias empresas brasileiras.

    close

 

Ásia

África

  • Gabão

    Protegendo a floresta gabonesa | Brainforest - Marc Ona

    view more

    Marc Ona Essangui, ganhador do Prêmio Goldman de Meio Ambiente em 2009, por sua luta para preservar o Parque Nacional de Ivindo, no Gabão, conversou com o Informativo Good Planet sobre as atividades de sua associação (Brainforest) e especialmente sobre sua contribuição na questão de Belinga. Esse nome refere-se a um projeto de indústria de mineração para construir uma mina, uma represa, uma rodovia, uma estrada e um porto de águas profundas no coração do Parque Nacional de Ivindo, no nordeste do Gabão, próximo às Cataratas Kongou, que estão entre as maiores belezas da África.

    close

  • Tanzânia

    Gerenciando a floresta de forma sustentável | Mpingo Conservation & Development Initiative

    view more

    A MCDI ajudou duas comunidades florestais na Tanzânia a obterem os certificados FSC para suas florestas, e a gerenciá-las de forma sustentável. Isso inclui gerenciamento sustentável da madeira local (dalbergia), que é altamente procurada no Oeste para a confecção de instrumentos musicais.

    close

    Soprando nova vida ao ébano | Sebastian Chuwa - African Blackwood Conservation Project

    view more

    Soprando a vida de volta ao ébano/ na Tanzânia, Sebastian Chuwa dedicou sua vida a devolver a vida à árvore M’pingo, uma árvore de ébano que a população local cortou massivamente por 20 anos. Era uma árvore em abundância nas áridas savanas da África, mas agora há menos de 3 milhões, estando, a maioria, na Tanzânia e Moçambique. Graças a ação de Sebastian Chuwa, mais de um milhão de árvores foram replantadas e ele convenceu os artesãos locais a replantarem mais árvores do que cortam. Somente em 2004, 30 mil árvores foram plantadas. Esse é um grande sucesso uma vez que mais 20 mil árvores M’pingo são cortadas a cada ano com propósitos comerciais e elas demoram de 70 a 100 anos para se desenvolver.

    close

  • Senegal

    Fazendo "carvão verde" no Senegal | Pronatura

    view more

    “Carvão verde” no Senegal / Produzir o carvão verde de resíduos agrícolas ou de biomassa renovável, seguindo um processo conhecido como pirólise. Esse combustível doméstico alimenta o aumento do desmatamento e emissão de CO2. Esse projeto visa evitar as emissões de aproximadamente 5 mil toneladas de CO2 na atmosfera.

    close

    Replantando os manguezais | Oceanium - Haïdar El Ali

    view more

    Em 2009, Haïdar El Ali conseguiu juntar 80 mil voluntários para replantar 23 milhões de ramos de mangue. Em 2010, seu objetivo era replantar 100 milhões. Ele também criou uma Zona Marinha Protegida ao fechar 18 km de abertura do bolong de Bamboung.

    close

  • Quênia

    Cinturão verde | Wangari Mathaai

    view more

    Árvores contra o deserto / Para combater as consequências da desertificação, vários projetos de cinturão verde (plantações de árvore) foram criados pelo mundo. Em 1972, no Quênia, Wangari Maathai lançou o “Movimento Cinturão Verde” para combater os efeitos negativos da aridez e das grandes plantações criadas para exportação, como café e chá. Em aproximadamente 20 anos, graças à uma sólida rede para proteção de árvores, mais de 20 milhões de árvores foram plantadas no Quênia, freando, assim, a desertificação no país. Essa iniciativa premiou Wangari Maathai com o Prêmio Nobel da Paz, em 2004.

    close

  • Madagascar

    Programa de conservação holística das florestas em Madagascar | WWF - GoodPlanet

    view more

    "Programa de conservação holística das florestas em Madagascar / Esse projeto visa testar estratégias para reduzir a emissão de CO2 decorrente do desmatamento e degradação florestal. As atividades conduzidas serão focadas em reduzir o índice de extinção florestal e restaurar algumas florestas danificadas em 2010.

    O objetivo do projeto é também melhorar as condições de vida da população local, concedendo responsabilidade direta no gerenciamento das florestas e recursos naturais – tanto dentro como fora das áreas protegidas – promovendo e desenvolvendo práticas agrícolas sustentáveis e gerando receita extra para a população.

    Parceiro: WWF

    Esse projeto foi totalmente financiado pela Air France."

    close

  • Eritréia

    Replantando os manguezais | The Manzanar project - Gordon Sato

    view more

    Gordon Sato plantou mais de um milhão de mangues nos bancos do Mar Vermelho para diminuir a pobreza e fome. Essa região deserta foi desolada por vários anos de guerra.

    close

América do norte

  • Canadá

    Floresta subaquática Underwater forestry | Triton Logging

    view more

    Lenhador subaquático / A empresa canadense Triton Logging Inc. desenvolveu uma serra que pode cortar troncos de árvores em até 300 metros de profundidade. De fato, mais de 300 milhões de árvores foram inundadas no fundo dos reservatórios das represas hidroelétricas. A madeira que é recolhida é especialmente certificada. Sua qualidade significa que pode ser usada tanto para construção como para mobiliário. O motor da serra funciona com óleo vegetal e energia solar.

    close

    Acordo entre ONGs e empresas para a proteção da Floresta Boreal | NGOs and forestry companies

    view more

    No Canadá, em maio de 2010, nove dos maiores grupos ambientais (incluindo Greenpeace e Fundação David Suzuki), assinaram um acordo histórico com 21 companhias florestais, que concordaram em suspender as atividades de corte de madeira em aproximadamente 29 milhões de hectares de floresta boreal virgem.

    close

  • "Estados Unidos Indonésia"

    Anulação da dívida de $30 milhões de dólares para proteger as florestas | Governments

    view more

    Um artigo no Wall Street Journal, em 1º de julho de 2009, explicou que os estados Unidos concordou em perdoar a dívida de US$30 milhões da Indonésia. Em troca, a Indonésia deve proteger as florestas de Sumatra. A Indonésia terá, então, que despender o mesmo valor em forma de subsídio para a conservação de 13 florestas de Sumatra em risco de extinção. Um auxílio extra de 1 milhão de dólares será fornecido pela Conservação Internacional, uma organização americana para a proteção da natureza. “É um grande encorajamento para a população e vida selvagem de Sumatra” – declarou Jatna Supriatna, a vice-presidente da Conservação Internacional na Indonésia. “Isso reflete a política provisória dos Estados Unidos”. É a maior troca por um perdão de dívida que o governo americano já organizou. Sumatra é uma ilha na qual há muitas espécies ameaçadas, como rinoceronte, orangotango, tigres, etc. Com esse alto índice de desmatamento, a Indonésia se tornou o terceiro maior emissor de gás estufa, estando atrás, apenas, dos Estados Unidos e China.

    close

América do sul

  • Colômbia

    Reflorestamento natural | Tchendukua

    view more

    A Tchendukua compra terras em Sierra Nevada para devolvê-las aos Índios Kogi, para que eles possam retornar à sua terra ancestral e preservar a floresta.

    close

  • Chile/Argentina

    Comprando áreas de volta para criar reservas naturais | The Conservation Land Trust - Douglas Tompkins

    view more

    O bilionário Douglas Tompkins que criou as marcas Esprit e The North Face, compra milhares de hectares de terra na América do Sul. Ele as transforma em reservas naturais e, atualmente, é dono de 8 mil km2 de terras.

    close

  • Brasil

    Uma plantação de teca certificada pela FSC | Floresteca - FSC

    view more

    Comprando teca cultivada sustentavelmente. Floresteca, a maior plantação privada de teca do mundo, é reconhecida pela FSC (Conselho Brasileiro de Manejo Florestal) por seu gerenciamento sustentável. A fazenda, localizada na região do Mato Grosso, no Brasil, é o resultado da colaboração entre uma companhia holandesa e várias empresas brasileiras.

    close

    Reflorestamento da Mata Atlântica | Instituto Terra

    view more

    A Mata Atlântica, outra grande floresta no Brasil, junto com a Amazônica, é também superexplorada. Em menos de dois séculos, ela perdeu a maioria de sua cobertura original. Um projeto de reflorestamento e restauração da biodiversidade começou na terra que foi desmatada para criação de gado. Foram 10 anos para as árvores crescerem novamente. Para combater o desmatamento, os pesquisadores brasileiros do Instituto Terra estão recriando biodiversidade ao fornecerem até um milhão de plantas de mais de 350 espécies da Mata Atlântica. Diferentes espécies de animais e plantas conseguiram retornar ao seu novo santuário...

    close

  • Bolivia

    Fogão solar para limitar desflorestamento/ desmatamento | Bolivia Inti-Sud Soleil

    view more

    Desde 1999, 4 mil famílias e escolas na Bolívia, Chile e Peru foram equipadas com fogão solar ecologicamente correto. A associação de Robert Chiron, Bolivia Inti, criou uma simples ferramenta: uma caixa com 3 camadas de vidro. A concentração de raios solares cozinha a comida no fogão. Entre 2000 e 2007, esses fogões evitaram a emissão de, aproximadamente, 12 mil toneladas de CO2. A qualidade de vida dos habitantes também melhorou visivelmente: há menos doenças respiratórias, as crianças não precisam mais apanhar lenha e há mais tempo para educação...

    close

  • Guiana Noruega

    Acordo de proteção das florestas entre a Guiana e Noruega | Governos Norueguês e Guianense

    view more

    Um Acordo de Proteção Florestal entre a Guiana e a Noruega – Na segunda-feira, dia 16 de novembro, a Noruega assinou um acordo com a Guiana para que não se corte mais árvores em troca de 250 milhões de dólares, até 2015. Para começar, a Guiana recebeu 30 milhões de dólares. O país receberá o resto se o projeto conseguir evitar o desmatamento, explicou um artigo publicado em 17 de novembro no site do Instituto WorldWatch. Durante anos, as autoridades Guianenses estão tentando obter financiamento para combater o desflorestamento e, assim, reduzir as emissões de gás estufa. O dinheiro concedido pela Noruega é similar ao mecanismo REDD (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação em países em desenvolvimento), no qual um acordo deve ser alcançado em Copenhage. O REDD consiste em pagar países em desenvolvimento para não explorarem suas florestas.

    close

Europa

Oceania

  • Tasmânia

    Desflorestamento na Tasmânia: a Gunns Ltd decide parar com o corte em floresta primária | Gunns LTD

    view more

    "Greg L’Estrange, o novo diretor executivo da Gunns Limited, um dos gigantes industriais do mundo, decidiu encerrar o corte de florestas primárias na Tasmânia, uma vez que sua empresa fez isso por várias décadas. Para todos os grupos ambientais australianos que têm participado da campanha contra a destruição da floresta da Tasmânia, esta foi uma decisão sem precedentes: “agora, nós temos uma oportunidade única de solucionar o conflito florestal da Tasmânia”, comemorou Phill Pullinger, o diretor de uma organização. Sua ONG, Environment Tasmania, bem como outras duas ONGs, a Wilderness Society e a Australian Conservation Foundation, começaram a conversar com os representantes da indústria florestal, para que as florestas da Tasmânia sejam gerenciadas de forma sustentável. Um conflito que vem se desenrolando por mais de uma década, poderia, finalmente, ser resolvido. Uma das técnicas usadas é queimar a floresta primária com napalm, para substituí-las com plantações de eucalipto industrial, já que eles crescem rápido e seus troncos são perfeitos para as máquinas.

    Em um episódio de Vu du Ciel, Yann Arthus-Bertrand conhece Bob Brown, um senador, doutor e ativista ambiental que vem lutando há 20 anos para proteger a floresta da Tasmânia. Assista o vídeo aqui: Tasmânia – desmatamento com Napalm http://www.goodplanet.info/Contenu/Depeche/Deforestation-en-Tasmanie-Gunns-Ltd-decide-de-se-retirer/%28theme%29/1410

    close

  • Fiji

    Produzindo sal para preservar os manguezais | UNDP and co

    view more

    "Reservatórios de sal de Fiji / Tai Butani é a única pessoa que restou na aldeia de Lomawai que continua a produzir sal dos manguezais, uma tradição que foi parte da vida do vilarejo por gerações.

    A aldeia de Lomawai na Ilha de Fiji é bem conhecida por sua tradição na produção de sal. O Programa GEF SGP da UNDP co-financia um projeto iniciado em 1999 pelo World Wildlife Fund. Este projeto permitiu Tai Butani a conduzir palestras e passar seu conhecimento às mulheres locais."

    close

Mundial

  • Mundial

    Plante uma árvore | UNEP

    view more

    "A Campanha 1 Bilhão de Árvores – Tornando-se ecológico / A Planta para o Planeta: a campanha 1 Bilhão de Árvores é uma iniciativa de plantação de árvores em todo o mundo, apoiada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio-Ambiente. Pessoas, comunidades, empresas, indústrias, organizações da sociedade civil e governos são incentivados a disponibilizar seus compromissos de plantação de árvores na internet. A campanha incentiva fortemente o plantio de árvores nativas e árvores apropriadas para o meio-ambiente local.

    Até o final de 2009, mais de 7,4 bilhões de árvores foram plantadas por participantes em 170 países que aderiram a esta campanha – muito acima da meta para o final do ano, de 7 bilhões. Com este sucesso perdurando em 2010, a campanha 1 Bilhão de Árvores dará uma contribuição substancial para o Ano Internacional da Biodiversidade 2010, aumentando a conscientização sobre a importância da biodiversidade para o nosso bem-estar. As árvores desempenham um papel crucial como componentes essenciais da biodiversidade, que constitui a base das redes e sistemas vivos que fornecem a todos nós saúde, riqueza, comida, combustível e serviços vitais do ecossistema dos quais dependem nossas vidas. Eles ajudam a fornecer ar respirável, água potável, solos férteis e clima estável. Os bilhões de árvores plantadas pelo esforço coletivo dos participantes da Campanha 1 Bilhão de Árvores de todas as partes da sociedade, contribuirão para a biodiversidade em todo o planeta."